A GESTÃO ESCOLAR E GESTÃO DO CURRÍCULO: INTERFACES NECESSÁRIAS PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA ESCOLA REFLEXIVA

Maria José Albuquerque, Rodrigo Aires Silva, Taise Helena de Sousa Silva

Resumo


O presente artigo objetiva discutir sobre a contribuição da Gestão escolar e da Gestão do currículo para a construção de uma escola reflexiva, enfatizando considerações sobre elas, explanando a gestão democrática na escola e o papel do gestor e do professor reflexivo frente a essa nova forma de organização escolar e do desenvolvimento curricular. Dessa forma, partimos do seguinte problema de pesquisa: Como a gestão democrática e participativa em substituição de um modelo gerencial escolar hierárquico e inflexível, pode contribuir para a construção de uma escola reflexiva? Para a construção e concretização, este estudo segue com base numa revisão bibliográfica, elegendo algumas fontes teóricas que abordam tais assuntos, como: BRASIL (2004), Luck (2005), Brandão (2003), Libâneo (2005, 2015) Pacheco (2005), Lopes e Macedo (2011), Silva (2008), Gauthier (1998), Alarcão (2008), Tardif (2015) dentre outros. Os resultados deste trabalho apontam que, a gestão democrática participativa e a gestão do currículo formalizadas a partir de posturas reflexivas tanto do gestor quanto dos professores são mecanismos essenciais para a concretização de uma escola reflexiva.

Palavras-chave: Gestão escolar democrática; Currículo; Escola reflexiva.


Texto completo:

Sem título


DOI: https://doi.org/10.26694/les.v0i39.7964

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Linguagens, Educação e Sociedade



BASES E INDEXADORES
 
 
       
 
 
   
 
 
       
 
 
     
 
 
 
Licença Creative Commons