PANORAMA DA SUSCEPTIBILIDADE À EROSÃO DOS SOLOS EM MUNICÍPIOS DO SEMIÁRIDO DE PERNAMBUCO

Samuel Alves dos Santos, Antonio Marcos dos Santos

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar os estados de susceptibilidade à perda de solos nos municípios de Dormentes, Afrânio, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande, localizados no semiárido do estado de Pernambuco. Para realização do estudo, foram necessárias análises dos atributos: solo; relevo; erosividade; uso e cobertura das terras e geologia. Após análise dos atributos, os mesmos foram cruzados com auxílio das ferramentas de geoprocessamento para produção dos mapas de susceptibilidade natural e geral a erosão dos solos, abrangendo as últimas quatro décadas. Os resultados apontam que, em diferentes períodos os solos tornaram-se mais susceptíveis à erosão impulsionado pela redução das caatingas para implementação e crescimento da agricultura irrigada, produção de carvão vegetal e ampliação das áreas de pecuária extensiva.  Problema que pode contribuir, cada vez mais, para os riscos à desertificação. O destaque foram os crescimentos gradativos das áreas com média a muito alta susceptibilidade à erosão. Os motivos são vários desde o crescimento das áreas irrigadas à redução da caatinga para implementação da pastagem, comercialização da lenha e produção do carvão vegetal.

 


Palavras-chave


Degradação da cobertura vegetal. Perda de solos. Geoprocessamento

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/equador.v10i3.11013

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista da Pós-graduação em Geografia, do Centro de Ciências Humanas e Letras da UFPI

 ISSN 2317-3491

A Revista está atualmente indexada às seguintes bases de dados: LATINDEX, DIADORIM, IBICT/SEER, SUMÁRIOS.ORG, PERIÓDICO CAPES, GOOGLE ACADÊMICO, GENAMICS JOURNAL SEEK.

A REVISTA EQUADOR faz uso do DOI (Digital Object Identifier), através da associação com o CrossRef.